sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Jovens se suicidam devido a bullying nos EUA

Olá, nerds sarados, dotados, bonitos e altos! Para quem é burro, o bullying é toda humilhação, violência psicológica, verbal, abuso moral e até físico contra pessoas estranhas, feias, gordas, magras, baixas, deficientes, leitores do MDM... diferentes do que é normal para a sociedade.

E nos EUA, terra das cabeças enfiadas nos vasos sanitários, artistas decidiram se juntar para combater esse mal, a secretária de Estado americana Hillary Clinton também fez um pronunciamento:

"Eu tenho uma mensagem para os jovens, para aqueles que se sentem sozinhos e pensam que o futuro é ruim. Primeiramente, esqueçam isso. Peçam ajuda. Sua vida é muito importante para sua família, para seus amigos, para seu país",declarou Hillary.

Nos últimos dias os amerikkkanos viram vários suicídios de jovens, vítimas de bullying, porque - entre outros motivos - eram gays ou porque as pessoas achavam que eles eram gays.

Entre os casos mais conhecidos está o de Phoebe Prince. Aos 15 anos ela se matou para escapar das agressões verbais e das torturas físicas. Não suportou os tormentos daqueles que eram para ser amigos de escola.

Entre as histórias mais recentes está a de Tyler Clementi. Aos 18 anos ele se jogou de uma ponte para se livrar das provocações. Gravadas sem autorização, imagens dele dando beijo em outro homem foram parar na internet.

Eu particularmente, sempre fui bem discreto e fisicamente "normal", mas por dentro sempre tive milhões de dúvidas que me torturaram durante a adolescência e nunca tive com quem desabafar e pedir ajuda por medo de sofrer preconceito, isso é algo assustador e muito sério, mas dá pra contornar e seguir a vida. Quando o anonimato acaba ou o que se tem de "diferente" cai na boca do povo, a vida vira um inferno! Respeito e tolerância deveriam ser matéria escolar para ensinar que o mundo não é só preto e branco, existem uma infinidade de cores e todas elas tem sua beleza.


Vejam esse depoimento de alguém que sofre por ser diferente

8 comentários:

sapao318 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sapao318 disse...

engraçadoque sempre fui meio doido e diferente desde os 10 anos...mas nunca tive esse negócio de esperar aceitação dos outros..FODA-SE OS OUTROS!!

quem quer essa frescura de "aí, me amem" DEVE LEVAR PREDADA ATÉ A MORTE! cada um na sua e sem frescura!! se se acha tão estrnho procure outros estranhos e andem juntos!!

porra...eu mandava padre se fuder nas novenas e ainda assim tinha piazote que me seguia até no banheiro!!

gente estranha!!

Ckreed disse...

Como assim você é estranho, Sapão? Seu blog é tão evangélico... hauhauhauahuaha.

Rafael Rodrigues disse...

Vocês já viram essa campanha americana? http://www.youtube.com/watch?v=IltiSgMKWm0 Achei muito foda (se é notícia velha, mal aí, vi só essa semana)

sapao318 disse...

Rapaz...como americano tem essa frescura de "ser aceito"...de "viver em grupo" ..de "preciso ter amigos"..de "eles precisam me notar"...vá tomar chute nos culhão rapaz!!

acho que essa merda só ocorre por que os pais mimam demais essa turma!!

e pra piorar a globo tá tentando, faz uns 4 anos trazer essas neuras pra gurizada daqui...QUE INFERNO ISSO RAPAZ..é psicologo, é terapeuta eo diabo á quatro...e finalmente importaram o Bulli pro Brazil...era o que a globo precisava pra deixar os pais mais culpados pelos merdinhas de filhos que tiveram..válha-me zeus!

bota os muleques a jogar bola , taco, queimada, sei lá porra! duvido que não se enturme!

com as gurias eu não sei e nem quero saber..quanto mais depressivas e doidas mais elas dão pra caras gordos safados como eu...essas podem ficar doidinhas!!

abraços!!

** e gostei do video Algures..a menininha dizendo fuck foi épico, hehe!! **

Ckreed disse...

Vídeo foda, Algures, gostei.

Sapão, aqui no Brasil, terra da sacanagem, onde tudo é brincadeira, bulin não é tão forte a ponto de se matar ou levar uma arma pra escola e matar geral. Aqui tem mais tolerância/respeito ou indiferença mesmo do que lá com certeza, graças a nossa educação católica frouxa e hipócrita, mas nos EUA existem religiosos extremistas e a cultura do "sou mais forte e mais rico, posso fazer o que quiser com os outros, pois é meu direito divino".

samohT disse...

Bom, bullying é um assunto que ainda me incomoda muito.
Para o Sapão falar desta forma, ele deve ter uma forma muito particular de pensar.
Durante três anos "sofri bullying" no Colégio Interno.
O fato é que o bullying não é apenas uma coisinha boba de tirar sarro e chamar de burro.
Vai além disso, é uma forma de tortura.
Quando estava no 1º ano do colégio interno, por ser afeminado, um guri achou que seria divertido me ridicularizar na frente dos outros... acontece que o negócio foi muito feio... fez uma brincadeira muito sem graça (tranquilamente ele iria para uma FEBEM se eu tivesse feito algo) e a historia se espalho pelo colégio... três anos ouvindo piadas sobre o assunto...
Não é uma questão de ser aceito pelos outros... a questão é ser ridicularizado pelos outros...
Felizmente, para mim isso só serviu para me tornar mais forte.

Ckreed disse...

Samoht, as pintosas vão para o inferno.

#ficadika

Huahuahauhauahuaha.