terça-feira, 28 de junho de 2011

A ignorância na parada do orgulho LGBT

Começo com a escolha do tema, mas pareceu adequado, pois ser gay não exclui ser cristão.

Até ai tudo bem, amai-vos uns aos outros é uma excelente ideia, mas daí como nem toda bicha burra nasce hétero, um grupo de ignorantes decidiu criar polêmica ao utilizar de imagens consideradas SAGRADAS pelos cristãos, como você pode ver aqui:

Considerando que a maioria dos homossexuais não são muito ligados à religião, a ideia de utilizar santos na prevenção às DSTs não favorece em nada nossa situação, pois nós não temos o direito de atacar desta forma algo que é considerado sagrado pela maioria da sociedade brasileira.

Essa merda que a coordenação da parada LGBT de SP acabou de fazer fez com que retrocedêssemos em nossa  luta por igualdade, pois acabamos de assumir o posto de inimigos declarados dos católicos e outros que acreditem em santos.

Para mim foi a primeira parada da Vergonha LGBT!
Parabéns campeões!

11 comentários:

Ckreed disse...

Tem gente que quer respeito sem respeitar os outros, fazer o que, né?

Jos-El disse...

Assunto delicado. Porém penso que o desrespeito começou pelos fundamentalistas religiosos. Ao atacar quem só queria ficar quieto, abriram margem para serem alvo também.

Também penso que já chega dessa coisa de a religião ser intocável. Religiosos querem impor seu modo de vida a todos. Criticam a ciência, criticam a sexualidade alheia, criticam as artes, criticam tudo. Porque não podem ser criticados? Por que não podem ser questionados?

Ckreed disse...

Minha frase acima, Jos-El, serve pra todo mundo! Respeito tem de ter dos 2 lados! Senão fica difícil a convivência.

Túllio Dias disse...

É uma crítica bastante pertinente! Sou um admirador do blog e agora mais ainda! Se queremos acumular forças para o fim da homofobia, atacar os católicos é uma tática no mínimo equivocada, mas fazer o que né... talvez um dia a gente aprenda com nossas companheiras feministas e consiga fazer movimento de verdade!
Um abraço!

Amenophis disse...

Acredito que o modo de fazer a luta contra a homofobia está equivocado. Temos que focar no fato que o que queremos é o reconhecimento da igualdade de direitos que, como cidadãos, temos. Temos que pegar o exemplo das lutas pelos direitos civis dos negros norte americanos e fazer valer a democracia. Bolsonaros e Myrian Rios da vida se apoiam num clichê doentio, seria melhor que houvessem depoimentos na televisão naõ apenas de gays(meninos e meninas), mas também de heteros que não tem preconceito pra calar a boca deles. Respeito acima de tudo e concordo que o uso de santos na Parada foi um erro que deu munição pra esses nazistas. Afinal o que propomos é igualdade e eles apenas ódio. Nossa causa é mais valorosa.

Jos-El disse...

Amenophis, acontece que os meios de comunicação de um modo geral deliberadamente não mostram esse lado. É só lembrar do Fantástico às vésperas da votação do antigo projeto da Marta Suplicy mostrando dois homens "casando" com vestido de noiva e dizendo que aquilo era casamento gay.

O que Bolsonaro fala beira o fascismo, no entanto vemos cada vez mais ele ter espaço para suas sandices nos meios de comunicação. A fala da Myriam Rios foi um ato contra a base do que um estado democrático deveria ser. Ela proclamou seu direito de DISCRIMINAR outras pessoas. Deveria ser presa por isso! No entanto se vc for ver as matérias sobre o caso vai ver que todos dizem que as declarações dela "foram consideradas preconceituosas". Porra, foi uma fala preconceituosa e ponto! Todas as matérias sempre colocavam a comunidade LGBT como os únicos ofendidos. A mulher ofendeu qualquer um que acredite em igualdade social porra.

Acho a agressividade válida. Não há crime em usar essas imagens. Se fosse, estaríamos vivendo no Irã. Que é como isso aqui vai ser se a luta não continuar. Por isso acho muito bom que um concurso como esse possa acontecer: http://www.youtube.com/watch?v=XKUQI9RAD60

De novo, o desrespeito definitivamente não começou por parte dos LGBT. E de mais a mais, santos são erotizados desde Da Vinci. Então...

Jos-El disse...

Ckreed, seu lindo. Tenho um pequeno artigo falando sobre personagens homossexuais nos quadrinhos americanos. Como poderia fazer pra publicar aqui no TPL?

Ckreed disse...

Jos-El, seu gato levado! Tô tentando te dar um anel rosa faz tempos!

Mande um e-mail pra te convidar pra ser redator do blog para thepinklanterns@gmail.com.

Será muito bem-vindo! Bjos.

Nerd sensível disse...

Ckreed dando o anel para mais um! Promíscua!

Ckreed disse...

Queissu?! Quanto mais, melhor!

Anônimo disse...

Bom considerando que católicos nao aprovam homossexualidade eu acho uma falta respeito fazer uma campanha que seja relacionado a isso, considerando que muitos homossexuais nao acreditam no cristianismo também e uma coisa um tanto exagerada, tanto os católicos quanto os homossexuais estão errados com essas historias de preconceito!!!

acho que todos tem o direito de ser o que quer ser, mas mas tem que também respeitar as decisões das outras pessoas também...