domingo, 5 de dezembro de 2010

Apple e Pixar a favor da diversidade

Durante toda a semana a Apple esteve em meio a uma polêmica sobre um aplicativo disponível na Apple Store americana. A app chamada de Declaração Manhattan convidava os usuários a se manterem contra o casamento gay.

Após uma petição online do site Change.org, que pedia que "todo conteúdo ofensivo à comunidade GLBT ou a mulheres fosse retirado da iTunes Store", a fabricante do iPhone vetou a app da loja. Acredita-se que ela também tenha sido influenciada por discussões fomentadas entre blogueiros que desaprovavam a atitude da empresa de permitir aplicativo com este tipo de conteúdo. 
Além dos textos que convidavam explicitamente os cristãos a não admitirem a união entre pessoas do mesmo sexo, o aplicativo tinha um questionário que incluia questões como: "Você admite uma relação entre pessoas do mesmo sexo?" ou "Você apoia o direito de escolha de aborto?". Caso o usuário respondesse "sim" em alguma das perguntas, o aplicativo automaticamente dizia que a resposta estava incorreta.

Antes do fato a Apple era conhecida como defensora dos direitos dos homossexuais. Em 2008, a companhia doou US$ 100 mil para uma campanha que se opunha contra à Proposta 8, que proibiria o casamento gay no estado da Califórnia.


E a fodástica Pixar publicou um vídeo com depoimentos emocionantes de seus funcionários homossexuais. A postagem serve de apoio para evitar que adolescentes homossexuais tentem cometer suicídio devido aos inúmeros casos de bullyng homofóbico acontecendo nos EUA.

Acho louvável essas iniciativas de grandes empresas a favor do direito de cada um viver sua vida de acordo com sua natureza sem ter gente te dizendo que isso é certo ou errado, apesar de a Apple ter que tirar o app porque o Change pediu em vez de filtrar melhor os aplicativos que disponibiliza no iTunes.

Cada um tem o direito de dar sua opinião e não querer ser gay e seguir a sua vida, mas quando começam a querer interfirir na vida dos outros é preocupante. O respeito geral e irrestrito tem de ser obrigatório de ambas as partes, senão o mundo vira um caos maior que já é.

7 comentários:

sapao318 disse...

Legal...mas enquanto eles vem com campanhas..os maluco vem com lampadadas na testa...

isso vai longe!!

abraços!!

Ckreed disse...

Aí que os Pink Lanterns entram pra salvar as bees indefesas, Sapão. Estou pensando em fazer tirinhas sobre isso, se alguém desenhar. He he. Bjos.

Nerd sensível disse...

Convida a Cynthia França para desenhar para vc, amigo felino... ou quem sabe o (desaparecido) Vermelhinho! vc pode ganhar um Eisner!

sapao318 disse...

Boa idéia Creek e Sensivel...mas a Cynthia é cheia de projtos até abril..dificil ela para mais de 20minutos, hehe!!

e o vermelho é bom desenhista...se a tirinha for de "homens pauzinho" tamo feito, hehe!!

abração!!

Nerd sensível disse...

Então ficou perfeito,Sapão... E "homens pauzinho" faz todo o estilo do blog! Ou "homens pauzão" dependendo de como o Ckreed escreverá o roteiro! Rrs

Beetlejuice disse...

Galera, hoje será Capitão X Day no MDM: todo mundo mudando o nick para Capitão X e mandando um "Bugman, eu estou pelado agora" nos comentários do Podcast # 100. Contamos com vocês!

Capitão X, o Motumbo disse...

Creed, estou pelado e com o motumbo na mão agora.


Capitão X Day