sexta-feira, 30 de outubro de 2009

The Rescuers - Capítulo 2


Anteriormente, em The Rescuers:
Luan salva uma garota. Ele só não sabe como é que ele faz isso... Não é a primeira vez. Alguém observa Luan e ordena sua captura.

Capítulo 2 - Todos estão mudos

Na avenida as pessoas seguem cada um o seu rumo. Luan decide seguir seu caminho, então a mãe da menina que ele acabara de salvar começa a agradecer pelo socorro, no entanto algo estranho acontece, ele não ouve nada do que ela fala, nada do que as pessoas ao redor deles falam, nem os barulhos dos carros. Nada. Nenhum som.
- Luan, venha comigo. Você está correndo perigo.
Uma adolescente de cabelos ruivos o puxa pelo braço e o arrasta para o meio de um grupo de pessoas que aguardam o semáforo abrir para atravessar a rua.
- Perigo? Whatahell? Quem é você?
- Sim, corre perrigo, veja lá, lá e lá -
a menina ruiva aponta para o topo de três prédios ao redor daquela esquina.
- O que tem lá?
- Atiradores. estão prontos para te capturar. Infelismente eu cheguei não a tempo de impedir seu pequeno show. -
a adolescente aproxima seu punho da boca e fala no que parece uma pulseira - Blue, aqui é RedStorm, temos Pernalonga.
O semáforo abre e eles atravessam, ela sempre mantém ele no meio das pessoas. Eles continuam não ouvindo nada do que os demais falam.
- Quem é Blue?
- Nosso transporte.
- Então você é RedStorm?
- É, e você é o Pernalonga. -
Um vestígio do que seria um sorriso transpassa o rosto dela
- Pernalonga? Muito engraçado!
- Vamos, eles estão se aproximando!

Luan olha para trás e percebe que algumas pessoas estão sendo empurradas para abrir espaço para 3 homens com capas de chuva vindo na direção deles dois.
- Blue, precisamos sair agora! -
o é que ela está gritando com o "transporte" deles, as pessoas da rua parecem não ouvir o que ela fala. Eles começam a correr. Ao olhar para trás Luan percebe que apenas dois dos homens de capa continuam correndo atrás deles.
Então acontece, Luan pega Red pelo braço e logo os dois estão do outro lado da rua.
- Blue, eles começaram a atirar! - Ela fala pelo comunicador em formato de pulseira. - Fique segurando meu braço, aconteça o que acontecer, não largue.
Novamente eles são transportados, dessa vez acabam indo parar em frente a uma farmácia, a duas quadras de onde estavam. A menina ruiva está se mostrando cada vez mais assustada.
- Corra! - Eles seguem em direcção a praça da cidade - lá é nosso ponto de transporte - ela aponta para o terminal urbano perto da catraca, eles continuam a correr - A partir de agora eu preciso você pense fixamente no terminal urbano, aconteça o que acontecer, se concentre no terminal!
Luan continuava não entendendo nada, mas como haviam dois homens atrás deles, atirando, contra ele, qualquer plano era um plano...
- OK! Mas você me deve algumas explicações.
- Sim, mas vamos nos concentrar em salvar sua vida! - Blue chegada a qualquer momento, prepare o transporte.

Quando estão a uma quadra do terminal, o terceiro homem de capa aparece em frente a eles, puxa sua arma e então Luan ercebe que já está na plataforma de embarque do terminal, o braço de RedStorm que ele estava segurando está sangrando, um senhor com seus 45 anos se aproxima deles.
- Por aqui! -
os homens de capa estão entrando pela passagem dos ônibus. Eles continuam correndo. Luan percebe que Red está segurando o braço do senhor que ele acredita se chamar "Blue". Eles saem do terminal seguidos pelos homens de capa. Então acontece novamente, agora eles estão na saída da cidade, mas dessa vez foi totalmente diferente, não foi ele que salvou alguém, mas sim ele que foi salvo..
- Pernalonga está na toca - Blue fala ao seu lado, pelo que Luan percebe ele tem um comunicador na gola de sua camiseta. Um carro estaciona e uma mulher vestindo roupas de ginástica manda eles entrarem. Dessa vêz Luan não obedece, do lado de fora do carro ele grita com os três estranhos:
- Seria um bom momento para alguma explicação! O que está acontecendo aqui? Quem são vocês? O que querem comigo?
- Cala a boca!

Red empurra ele para dentro do carro, os outros dois também entram, quando Luan olha para trás ele percebe...
- Nós ainda estamos tentando te salvar!
... Três motos estão perseguindo o carro deles.
(...)
No alto de um prédio, no centro da cidade:
- Alvo em movimento, abortar perseguição direta, preparar abordagem 214.

2 comentários:

Thommy disse...

Já que ninguém comenta, eu comento.

Ckreed disse...

Eu achei bem dinâmica a "s"ena de perseguição e tal, mas um pouco cansativa e monótona por não apresentar muitas novidades. Foram inseridos alguns mistérios novos e personagens só que não tiveram um desenvolvimento, ficou muito hermético. Cuidado com a gramática, revise o texto com cuidado. Espero o terceiro capítulo para chocar a humanidade.